Portal Literário

A entrada para uma nova literatura!!!!

Textos

Parabéns ao Mais Querido do Brasil!!!HEXACAMPEÃO!!!

          Saudações Rubro Negras a todos. Me fogem as palavras para enunciar aqui tudo que meu coração transborda, toda a emoção que senti com tamanha demonstração de garra e determinação. Foi um time de raça, amor e paixão sem dúvida, mais uma vez. Deixar o Flamengo chegar a final é pedir para morrer, mesmo que não se trate realmente de uma final, mas foi assim encarada, e o Mengo só faz enterrar o que sobra dos adversários, no bom sentido claro, mas é cabal que é quase impossível bater o rubro negro numa reta final.


          Desde a efetivação do Andrade até o resgate de jogadores como Zé Roberto e Adriano o mengão se qualificou a entrar na briga pelo título, e aí amigo, já era, o rubro-negro entra forte e firme na parada a fim de resolver e mostrar que o urubu, inflado pela torcida, é mais ele no Maracanã. Mesmo com o susto inicial, para dar um gostinho aos adversários, até a cabeçada mágica e linda de Ronaldo Angelim, o flamengaço prova que é o maior de todos. Pena para os adversários que o Flamengo se agiganta quando o assunto é decisão. A torcida cresce, multiplica-se e empurra o time.

          Parabéns ao melhor time do campeonato com toda a justiça. Desde a Muralha, o Paredão Rubro Negro Bruno, passando pelo Mago Petkovic até o Imperador Adriano. Que venha agora o Bi da Libertadores, Mundial e o Hepta. Quero terminar minha homenagem com uma frase simples: É muito bom torcer pelo Flamengo!!!
Léo Rodrigues
Enviado por Léo Rodrigues em 04/05/2008
Alterado em 07/12/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.leorodrigues.recantodasletras.com.br" e entre em contato comigo pelo e-mail contido no mesmo site.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras